Reangels-IFGEOOO!

A partir de agora estaremos incluindo informações..... GEOgráficas!!! Acompanhem o Blog, participem, contribuam! mais: elsaregis.ifgeooo! Cacoal-RO Brasil junho/2015 via aérea (eu estava lá! nos a r e s )

Apresentado a

28 de novembro de 2009

DESACORDO ORTOGRÁFICO- Regis Cooperfield


O herói continua empunhando o seu agudo mas a ideia não teve o mesmo êxito, portanto para com isso de acentuá-la, para que continuem te entendendo; o verbo também parou com o mesmo. Para mudar a pronúncia há que se ler a frase. Isolado escrito, não se sabe para que serve.
Para com isso! Quer me confundir?
Já não chega a maneira com que meus amigos lusitanos me escreviam direto e reto, com c incluído, eu comemoro a retirada disso, eles lamentam.
No próximo voo nada de usar chapéu.
Mesmo que a turma Europeia não aprove essa ideia, heroico seria o apoio, boia só quem não aprende e fica a ver asteroide ou navio melhor dizendo. Na Coreia, nem fizeram questão do acento desde a estreia, joia isso, menos na plateia, que ficou com paranoia feito uma jiboia, pensando numa assembleia contra o fato, ou seria o ato.
O pessoal de Portugal agora fará direta madrugada adentro.
Já o trema frequentemente faltava nos textos, até a linguiça no açougue já se apresentava sem há muito. Mas o som da pronúncia continua respeitado.
Sei que reformas são difíceis de entrar na cabeça, já passei por isso antes. Sou do tempo do cafezal, o grave caiu e tem gente que ainda o confunde com a crase, que nem acento é, mas isso é assunto a parte sem crase.
O pessoal dalém mar, com a deliciosa pronúncia original da língua, não acredita que houve um acordo ortográfico, entendem que foi mais um estupro e estão pensando em tirar o próprio assento da reta, desculpe o trocadilho, foi proposital.
Dou até razão aos donos originais da língua, já escrevi textos relatando isso, mas a causa é boa, gostaria que meus livros não precisassem ser revisados para estar disponível na Europa e na África.
O Brasil é o único país pan-americano que tem o português como língua pátria, observe como tem palavra que continua igual, outras até ganharam hífen.
Vou esquentar meu cafezinho no forno de micro-ondas, embora assim ficou com sabor diferente.
Voltei, continuando...
Oito países falam o português nos principais Continentes.
Então a melhor estratégia é continuar unidos e ter uma língua só, sem divisão.
Eu também amo a língua portuguesa, assim como os pioneiros. Gosto da norma culta e procuro aprender mais e mais. Já que a nossa língua é a mais técnica e com muitos pormenores. Entretanto cometo erros sempre.
Mesmo os que não creem, ou caso não se deem ao trabalho porque nao leem sobre isso, veem agora a necessidade disso, pois preveem possíveis enjoos de seus leitores com a nova norma.
Sorte que a baiuca não é mais frequentada, lembro-me da bocaiuva plantada em frente, cuja feiura por estar descuidada era igual a taverna.
Para piorar, ainda que se pela o pelo de tanto coçar, porém o polo muda, não sei para onde.
Sente-se, respire e tome um suco de pera, antes coa que fica melhor. Mas isso não acalma como maracujá.
Averigue bem, apazigue todos, se ele argui que não vai te ajudar, enxague você o copo que sujou.
Será que depois deste texto terei que fazer auto-hipnose, vou fazer no final uma auto-observação, não quero parecer anti-herói. Dizem que sou anti-imperalista, mesmo sem eu saber exatamente o que significa isso. Sou simples, dos que fica hospedados até em mini-hotel. Mas não estou aqui para fazer um autorretrato, essa matéria não é autossustentável, a minha autoanálise prova que o autocontrole fugiu do controle.
Escrevi tanto que palavras como antirracista, antissocial, antivírus, minidicionário, minissaia, minirreforma e ultrassom me soam esquisitas mesmo sem mudar a pronúncia.
Olhando pelo lado da evolução, é natural que um idioma se adapte em cada época.
Fazendo uma analogia, seria como perpetuar o computador 486 só porque esse modelo levou e trouxe o homem da Lua.
Qualquer telefone celular hoje (também conhecido por telemóvel) tem melhor performance.
O idioma para acompanhar a evolução vai se apropriando de novas palavras, enquanto isso conforme a globalização, regionalismos e neologismos se difundem.
Até o modo de falar e a pronúncia com sotaques diferentes vão se aglutinando.
Vamos discutir o assunto e defender nossos pontos de vista, mas temos que procurar um consenso, não podemos nos dispersar.
Postado por Regis Copperfield às 11:42 7 comentários Links para esta postagem
Marcadores: acordo ortografico

19 de novembro de 2009

ATRAVÉS DA LUZ




O que nos diferencia


é sómente uma cortina no meu quarto,


e outra cortina no seu.


Enquanto não nos vemos,


não nos conhecemos.


Não imaginamos


se pensamos


ou como pensamos.


Com minha cortina serrada,


me sinto à vontade para chorar


sua ausencia


e minha incapacidade


para te conquistar.


Porque,


com sua cortina serrada,


eu não vejo se voce olha para mim


ou para outro lado.


Se abrirmos as cortinas do nosso medo,


talvez nos vendo no íntimo


de nosso aposento,


teremos os mesmos sonhos,


tivemos os mesmos sofrimentos,


choramos as mesmas dores,


às escondidas...


Por detrás de uma só cortina....


amamos do mesmo jeito


tememos, não o deus do outro


mas o mesmo Deus.


Nos amamos mais


do que outros nos amaram


regisangels 19/11/2009.

18 de novembro de 2009

OLHANDO DENTRO DE MIM

Me amem e não simplesmente me aturem,

vejam em mim solução e não o problema,

acreditem que amo e não procuro oportunidades,

acreditem que me amam e não querem oportunidades,

não invejem meus talentos

para não serem meus concorrentes,

aceitem eu ajudar sem troca,

que sejam delicados comigo,

ainda que austero com o mundo,

indigne-se com a mentira e

não procurem defeitos onde não tem,

não tenha medo de apontar

os verdadeiros defeitos

e me ofereça ajuda para superá-los,

seja companheiro e queira uma família

para ser companheira na sua solidão.

8 de julho de 2009

PARELHEIROS, AMIGO, IRMÃO OU PAI?

Quantos precisam de ti, como de ti precisei, Parelheiros!
Quantos precisarão e vão querer te ter.
Mas não mais que teus filhos, que precisam de teu abraço!!!
Em ti percorrem, ainda a galopes, os que procuram te conhecer,
conhecer teus segredos, o segredo de tua força, de teu vigor e tua beleza.
Mas não mais de que teus filhos que te adornam com o trabalho
e te protegem com os ais!!!
Ai de ti, se não te amarem como alguns te amaram e de ti não precisarem como outros precisaram...
Ficarás novamente esquecido como antes de te desbravarem.
Que os rios, lagos, cachoeiras de ti
sejam preservados pela humanidade, para a humanidade, com humanidade.
Para teres pobres em invenções e ricos em proteções!
Que suas matas, Atlânticas ou não, sejam ainda a casa da fauna,
ingênua, perene, acolhida em seu seio, protegida em seu meio!
Que sua cratera, de há milhões de anos, continue dizendo....
Que em ti existiu o desejo de ser conhecida, anunciada, auxiliada pelo Universo,
sábio e autônomo.
Que suas culturas, raízes de sua existência, se exibam em cores, força e louvores,
e unam-se neste intuito de paz!
Quantos precisam saber, como eu soube, que amamentas os índios,
ainda desacreditados, e por muitos nem conhecidos,
além de por revistas, reportagens e, quem sabe, ainda folclore
mas, que além de serem amamentados,
precisam ser amados!
Quantos precisam se vislumbrar com as cores orientais,
a perseverança alemã,
a garra indígena,
o galope tropeiro,
a experiência rural,
a determinação mongeana e
a dedicação messiânica, em propagação da paz!!!
Que sejas amado, Parelheiros, abraçado e respeitado
como a muitos respeitaste, dividiste seus parcos recursos
e doaste teu muito potencial!
E os que em ti pisarem, levem na consciência a sabedoria
e sejam sábios em entenderem que
a consciência é nossa companheira inseparável,
fiel em seus conselhos, e nos acompanhará
até o último momento de nossas vidas.
Obrigada, Parelheiros por me ajudar a crescer!!!


Regis Angels - julho de 2009

3 de junho de 2009


Prezados, Gostaria de convidá-los para conhecer as ações que o Projeto Mais Verde desenvolve em caráter voluntário na E.E. Paulino Nunes Esposo em parelheiros, dentro da extensa pedagogia ambiental adotada pela escola.Trata-se de uma ação inédita em escolas e os resultados estão superando nossas expectativas. Sabemos da necessidade de uma educação diferenciada para a região dos mananciais e esperamos que estas nossas ações obtenham o reconhecimento e o apoio necessário para que essa ação se replique e atinja o maior número de estudantes possível.Temos levantado com ousadia a bandeira em favor da Mata Atlântica desde 2006, com ações sempre voluntárias e ideológicas de recomposição, recuperação, plantios comunitários e palestras sobre o bioma mais importante do planeta. Gostaríamos de compartilhar com vocês os resultados e mostrar que com um pequeno grupo de pessoas dispostas, formada por professores, direção e comunidade, é possível fazer a diferença e trazer uma consciência ambiental que produz mudança significativa de comportamento.O modelo tradicional de educação ambiental se exauriu, e precisamos de novas alternativas que promovam esse resgate de valores com velocidade, pois o planeta não pode esperar. Espero poder contar com sua presença e prestígio. Abraços, Silvano - Projeto Mais Verdehttp://www.projetomaisverde.xpg.com.br/ fone: 7172-1411

28 de abril de 2009

CONSCIÊNCIA

O SER HUMANO PODE SE CONSIDERAR INTELIGENTE QUANDO CONSEGUIR SE PREOCUPAR COM SUA CONSCIÊNCIA;POIS NOS ÚLTIMOS MOMENTOS DE SUA VIDA,ELA SERÁ SUA GRANDE COMPANHEIRA.


regisangels-29-03-2009

l'amour au regarder

Visitation au Masp-2009

Monsieur...Vous êtes mon Rodin et Je suis ta Camille. Ta petite Claudell.Voulez vous me voir?Je me désabillerez,Et regarderez le ciel...pendant vou m'analise...Fait-moi partie de l'esculpture. Aprés, sans laisser que tu m'abille,me coucherez a tes pieds."Embrassez-moi,Monsieur.Mon chéri professeur"Regardez mes yeux..Je te jure...embrasser!!!regisangels-avril-2009

9 de Abril de 2009 14:36

CONSCIENTIZAÇÃO...

CONSCIENTIZAÇÃO AMBIENTAL


O Relacionamento harmônico entre o Ser Humano e a Natureza.



Relacionamento: Capacidade de se relacionar, conviver ou se comunicar com os seus semelhantes. Ligação de amizade afetiva, condicionada por uma série de atitudes recíprocas. – Respeito mútuo.


Comecemos perguntando: por que o Ser Humano deve preservar a Natureza? Primeiramente devemos procurar conhecer o que é a NATUREZA e o que é o SER HUMANO.


NATUREZA: todos os seres que constituem o Universo. (os vegetais, as aves, os animais, o ar, a água, as estrelas, os planetas, tudo...) Portanto, Universo ou Natureza é conjunto de tudo quanto existe (incluindo-se a Terra, os astros, as galáxias e toda a matéria que está espalhada no espaço).
Podemos afirmar que a CRIAÇÃO ou NATUREZA é a manifestação visível da Força Divina. (Deus, Alá, Javé ou Jeová, Tupã...) Força sobrenatural! Perfeita! Poderosa. A Força ativa que criou e conserva a ordem natural de tudo o que existe.

SER: existir; que tem existência.
SER HUMANO: animal racional; animal que pensa, que tem noção da sua existência; que sabe o que faz.

O UNIVERSO

A matéria de tudo que existe foi criada em só instante, e em um tempo mínimo que nem se pode calcular: o instante em que se deu a “Grande Explosão” – o Big Bang. A partir daí nada mais foi criado. Durante o passar dos séculos essa matéria que é a NATUREZA, foi se organizando e se transformando e assim será por séculos e séculos. O químico francês Antoine Lavoisier, autor da conhecida Lei de Lavoisier, (sobre a transformação das massas) expõe de forma simplificada: "Na natureza nada se perde, nada se cria; tudo se transforma".


Durante milhões e milhões e milhões de anos, a Natureza se manteve calma em sua evolução. Astros surgiam e desapareciam transformando-se em outros astros. Nesse período de tempo, proveniente da explosão de uma estrela, sugiram várias outras, dentre elas a nossa estrela Sol; e ao seu redor, vários planetas se formaram: (por ordem de distância) Mercúrio, Vênus, TERRA, Marte, Júpiter, Saturno, Urano, Netuno, (e Plutão) formando o Sistema Solar. E o Universo continuava em seu ritmo tranqüilo.



Vejamos a proporção dos tamanhos dos planetas em relação uns aos outros:

Obs: A bolinha de cor preta, à esquerda, indicada por uma seta, é o planeta Terra.
Júpiter, o maior planeta do sistema solar, tem 71.492 quilômetros de raio, 11 vezes maior que o raio do nosso planeta. Se fosse ôco, caberia mais de 2.000 (duas mil) Terras dentro dele! Saturno, o segundo maior planeta, não fica atrás. Seu raio é de 60.268 quilômetros.
Bem menores são, Urano e Netuno que têm 51.108 e 49.538 quilômetros de raio; mesmo assim, são aproximadamente 8 (oito) vezes maiores que Terra. A figura mostra bem como somos pequeninos, perto desses gigantes de gás!
Agora vejamos nosso Planeta Terra!!! Nossa bela Terra em comparação com o Sol, não atinge sequer o tamanho de uma pulga!





O Planeta Terra, como todos os outros, está solto no espaço e é um dos menores dentre eles; e também é o único protegido por uma camada de gases chamados, atmosféricos; e também o único (conhecido) onde a vida se reproduz naturalmente.
Nele, a Natureza inseriu Imensa quantidade e variedade de pássaros de lindo cantar; a incalculável multiplicidade de insetos, de animais, de vegetais, de flores, de florestas com suas árvores de porte espetacular e a infinidade de seres que nelas habitam; as nascentes, os córregos, os rios e cachoeiras que fornecem a água do dia a dia que é indispensável à vida; o mar com seus minúsculos e imensos seres – como a baleia; o solo onde a vida se renova e se desenvolve; as pedras preciosas e todos os minerais existentes no subsolo.
E em meio a toda essa grandeza e deslumbrante beleza, constituído da mesma matéria que os demais seres, ela colocou um ser perfeito, um animal racional: o SER HUMANO.

Reflexão
Sendo nós seres humanos (animal racional: que pensa, que sabe o que faz) qual é o tamanho da nossa responsabilidade perante o Universo, a Criação, a Natureza? A nossa responsabilidade é imensa, é infinita!... Todos os seres têm “alma” isto é: são animados; têm vida; crescem e se movimentam. A alma é a vida da matéria. Porém o Ser Humano é dotado de alma e espírito - inteligência, vontade e poder. Esta é a parte divina que chamamos de “centelha”, de luz. Fomos, a última espécie a se formar, sobre o Planeta Terra. Por que? Porque fomos destinados pelo Criador a cuidar, zelar, proteger e desenvolver a Criação, a NATUREZA. Podemos e devemos usar e dispor de todas as coisas existentes na Natureza irracional, pois foram criadas para nós, para nossa sobrevivência, nos dar prazer, e nos proporcionar alegria; e justamente por isso não nos é permitido destruí-las.
Destruído a Natureza estamos destruindo a nós mesmos. Mas, se a usarmos respeitando sua capacidade de renovação, ela nos retribuirá com abundância!!!... Porém, não temos cumprido a sagrada missão de protegê-la.
Estamos no 3º milênio; estamos bem informados pelos meios de comunicação – jornais, televisão, Internet e satélites espaciais – sobre destruição da vida, no nosso Planeta. Devemos refletir sobre a destruição da vida, não somente da irracional, mas da vida humana, razão única das demais existências. Os jovens seres humanos devem se capacitar profunda e conscientemente, com responsabilidade pois serão os futuros governantes da Terra, e terão a responsabilidade de corrigir e evitar os erros cometidos pelos seus avós, pelos seus pais que não tiveram acesso a essas informações. A vida que somente no Planeta Terra, existe, pede SOCORRO!!!... A Natureza nos oferece TUDO gratuitamente, e nós, como lhe agradecemos? Com maltrato, desprezo, destruição? Oh! Não... Os Seres Humanos e a Natureza irracional devem conviver em harmonia, respeitando-se mutuamente.

Quando a humanidade conseguir se relacionar com a natureza, em harmonia,
a vida no Planeta Terra sugirá revigorada.

Ritta de Cássia Dantas / e-mail:rittadantas@ig.com.br