Reangels-IFGEOOO!

A partir de agora estaremos incluindo informações..... GEOgráficas!!! Acompanhem o Blog, participem, contribuam! mais: elsaregis.ifgeooo! Cacoal-RO Brasil junho/2015 via aérea (eu estava lá! nos a r e s )

Apresentado a

29 de novembro de 2010

Apresentação Turma de Letras Libras - UNB

MADRIGUEIROS- temporada 2010

26 de novembro de 2010

Feira Cultural da EMEF Tenente José Maria Pinto Duarte

 
A Orquestra de Cordas do Sesc Consolação fará uma apresentação amanhã, dia 27/11/2010 às 11:00 hs, na Escola Municipal de Ensino Fundamental Tenente José Maria Pinto Duarte

Sumaré- SP-Rua Atalaia nº 100.Cep: 01251-060
tel. 3873-6283




                                      



A Feira Cultural acontece das 10:30 às 15:00hs . Compareçam e prestigiem!



 

Programa

J. Brahms (1833-1897) – Synthem

F. Schubert (1797-1828) – Ländler & Ecossaisen

B. Bartok (1881-1945) – For Children
Allegretto – Vivace risoluto

P.I. Tchaikowski (1840-1893) – Marcha do “Quebra Nozes”

F. Mendelssohn (1809-1847) – Minueto da Sinfonia em Re

J. Haydn (1732-1809) – Sinfonia n° 27

Allegro molto – Adágio-Presto


         Regente: Leonel G. Dias



http://cempausas.blogspot.com


21 de novembro de 2010

Língua Brasileira de Sinais Lei nº 10.436, de 24 de abril de 2002

Dispõe sobre a Língua Brasileira de Sinais - Líbras e dá outras providências.




 

Art. 1o É reconhecida como meio legal de comunicação e expressão a Língua Brasileira de Sinais - Líbras e outros recursos de expressão a ela associados.

 

Parágrafo único. Entende-se como Língua Brasileira de Sinais - Líbras a forma de comunicação e expressão, em que o sistema lingüístico de natureza visual-motora, com estrutura gramatical própria, constituem um sistema lingüístico de transmissão de idéias e fatos, oriundos de comunidades de pessoas surdas do Brasil.

 

Art. 2o Deve ser garantido, por parte do poder público em geral e empresas concessionárias de serviços públicos, formas institucionalizadas de apoiar o uso e difusão da Língua Brasileira de Sinais - Líbras como meio de comunicação objetiva e de utilização corrente das comunidades surdas do Brasil.

Art. 3o As instituições públicas e empresas concessionárias de serviços públicos de assistência à saúde devem garantir atendimento e tratamento adequado aos portadores de deficiência auditiva, de acordo com as normas legais em vigor.
 

Art. 4o O sistema educacional federal e os sistemas educacionais estaduais, municipais e do Distrito Federal devem garantir a inclusão nos cursos de formação de Educação Especial, de Fonoaudiologia e de Magistério, em seus níveis médio e superior, do ensino da Língua Brasileira de Sinais - Líbras, como parte integrante dos Parâmetros Curriculares Nacionais - PCNs, conforme legislação vigente.  
Parágrafo único. A Língua Brasileira de Sinais - Líbras não poderá substituir a modalidade escrita da língua portuguesa.

 

Art. 5o Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

 

Brasília, 24 de abril de 2002; 181o da Independência e 114o da República.

 

FERNANDO HENRIQUE CARDOSO










20 de novembro de 2010

Grupo Libras - CAT Luz - Out/Nov-2010

                    Pessoas valorosas!.                        
         
Agradecemos ao professor Grahamhill que nos tem mostrado, em suas aulas, o lado importante do ensino de Libras, que não se limita a aprender o idioma, mas nos ensina e ajuda a compartilhar, aceitar e entender o quão valioso é romper barreiras e se entremear pelo caminho da vida que pertence a TODOS.

Agradecemos ao CAT, com suas parcerias que nos deu a oportunidade.

Pessoal da classe Grahamhill , vocês  são mil! 
             Grahamhill                                           


Vamos lá, pessoal, atenção!!!!!!

                                               

                                                   
  

momento lanche!


Tim Maia-Azul da cor do mar

Então, gostaria de oferecer essa musica do Tim Maia, especialmente a letra, para meus amigos do curso de Libras do CAT-LUZ. Boa sorte a nós!

14 de novembro de 2010

O OLHAR DE QUEM VÊ.


Um dia, um pai de família rica, grande empresário, levou seu filho para visitar um vilarejo, com o firme propósito de lhe mostrar como vivem os pobres. Seu objetivo era convencer o filho sobre a necessidade de valorizar os bens materiais, o status, o prestígio social... O pai queria passar esses valores para seu único herdeiro ainda criança.

Ficaram dois dias e uma noite numa casa de taipa de um morador da fazenda de seu primo. Enquanto retornavam da viagem, o pai perguntou ao filho:


- E aí, filhão! Como foram esses dias, prá você?

- Muito bons, papai. Respondeu o pequeno.


E o pai continuou:

- Você viu a diferença entre viver na riqueza e viver na pobreza?

- Sim, papai. Respondeu o filho, pensativamente.

- E o que você aprendeu com tudo o que viu naquele lugar tão pobre?...


O menino respondeu:

- É, papai! Vi que nós temos somente um cachorro em nossa casa, e eles têm quatro. Nós temos uma piscina que ocupar a metade do jardim e eles têm um riacho que não tem fim. Nós temos uma varanda coberta e iluminada com lâmpadas fluorescentes e eles têm as estrelas e a lua no céu...Temos um quintal que vai até o portão de entrada e eles têm uma floresta inteirinha... Nós temos alguns canários em gaiolas e eles têm, soltas, todas as aves que a Natureza pode lhes oferecer...


E, suspirando, continuou:

Além disso, papai! Observei que eles rezam antes de qualquer refeição; e nós, em casa, sentamos à mesa falando de negócios, dólar, eventos sociais; comemos o que está sobre a mesa, empurramos o prato e pronto!...

No quarto onde fui dormir com o Toninho, passei a maior vergonha, pois não sabia sequer, uma pequena oração, enquanto ele se ajoelhou e agradeceu a Deus por tudo, inclusive por nossa visita em sua casa... Lá em casa vamos pro quarto, deitamos, assistimos televisão, e dormimos...

Outra coisa, papai! Dormi na rede do Tonho, enquanto ele dormiu no chão, pois não havia rede para cada um de nós. Em nossa casa colocamos a Maristela, nossa empregada, prá dormir naquele quarto onde guardamos um montão de coisas, sem nenhum conforto, apesar de termos camas macias e cheirosas, sobrando...


Conforme o garoto falava, seu pai ficava admirado, sem graça e envergonhado!... O filho, na sua sábia ingenuidade e no seu brilhante desabafo levantou-se, abraçou o pai e ainda acrescentou:

- Obrigado, papai! Por ter me mostrado o quanto somos pobres!


Comentário:

Não é o que você possui, onde você está, o que você faz, ou cargo que ocupa, que irá te trazer felicidade. Tudo isso te trará a felicidade dependendo da maneira com que você os olha ou valoriza. Se você tem amor, vive com dignidade e compartilha suas coisas com boa vontade, então...

VOCÊ TEM TUDO!

Autor desconhecido.

2 de novembro de 2010

A SABEDORIA DE VIDA DOS INCAS


Quatrocentos anos se passaram desde a chegada dos Incas no vale com florescência dourada, entre colinas e montanhas. Muitas escolas foram construídas e lentamente difundiu-se a sabedoria de vida dos Incas entre os povos vizinhos.

A instrução baseava-se sempre em ensinamentos de religiosidade. Seguem aqui alguns extratos desses ensinamentos:


“Sem a supremacia do espírito, o querer terreno pouco sentido tem. Pois é o espírito que mantém em movimento a engrenagem do nosso corpo físico”


“Cada ser humano traz em si uma luz de vida que o liga ao Amor e à Força do Universo! Por isso também cada um poderá atingir o tão almejado ápice espiritual, situado no país da paz e da alegria”


“A fonte de alegria da vida terrena nasce na natureza. Ela é o elemento de todos. O maior gigante, bem como o menor gnomo, são perpassados por essa alegria! Ela encerra louvor e agradecimento que se elevam para o Deus-Criador!”.


“Continuai sempre estreitamente ligados com os entes da natureza, para que a fonte da alegria encontre entrada em vossa existência! Pois o que seria o ser humano sem a alegria? Um nada. Indigno de ter nascido!”.


“As propriedades espirituais inerentes ao espírito humano que o impulsionam para a atividade são: VERDADE, SABEDORIA, PUREZA, JUSTIÇA, BONDADE E A DISPOSIÇÃO DE AJUDAR... Elas proporcionam dignidade e poder aos seres humanos!”.


“A maior dádiva do Deus-Criador aos seres humanos é o Amor. Somente nele reside a felicidade! Leva duas pessoas que mutuamente se amam espiritualmente, rumo à Luz, para cima, a um eterno Reino Solar!”.


Crédito/Fonte: A verdade sobre os Incas.

De Roselis Von Sass