Reangels-IFGEOOO!

A partir de agora estaremos incluindo informações..... GEOgráficas!!! Acompanhem o Blog, participem, contribuam! mais: elsaregis.ifgeooo! Cacoal-RO Brasil junho/2015 via aérea (eu estava lá! nos a r e s )

Apresentado a

26 de maio de 2015

Após 50....

Ter 50, 51, 60,70,80.....tanto importa, ter uma mente sadia e pronta a refletir é muito mais importante que usá-la para criar projetos de decadência, amarguras e decepções.
Para seu entendimento e de quem mais for curioso quanto minhas expressões, saibam que não enfatizo o fato de eu ter 51 anos de idade como se eu estivesse me sentindo no fim da vida.
Pelo contrário e muito ao contrário. Estou vivendo como nunca mesmo porque vivo pela forma de pensar e não sentir.
Evidente que não sinto meu corpo tão ágil como quando tinha 20 anos mesmo porque fui vítima de um acidente aos 23 anos que deixou sequelas um tanto delicadas, mas também procuro não o deixar de molho como que para enrugar.
50 anos não é, absolutamente, o fim. Mas o começo de uma nova jornada.
Li, há um tempo atrás uma reportagem que dizia " A vida (re)começa aos 50".

(http://www.portaldafamilia.org/artigos/artigo287.shtml)

Um pouco mais direta a Revista istoé publica em 07/ março / 2014:
OS NOVOS 50 ANOS

http://www.istoe.com.br/reportagens/351249_OS+NOVOS+50+ANOS

As leituras, o desejo de superar a dor, a fé e esperança em Deus, o apoio dos filhos e familiares, amigos (AMIGOS-aqueles que me deram banho, comida na boca, me acompanharam no passear, aos tratamentos,  ouviram e muito meus lamentos), tudo isso foi necessário e trouxe uma nova energia, a reintegração na orquestra onde estudava, a entrada numa faculdade, tudo paralelamente.
O fato é que: dos 50 aos 80 (ou mais) existem 30 anos. Meus filhos tem 25 e 23. Ainda  nem chegaram aos 30 . Vejo a sagacidade, a esperança, os conflitos - compreendidos - da idade, os sonhos e as conquistas...
Porque nos limitarmos à mesmice, às lembranças do que não traremos e não cultivarmos o nosso amor, à nós, quero dizer o "nosso tempo" de nos olharmos com novo olhar?
Ver o que nos faz rir, chorar ou simplesmente, nada.
Pensem...fará rejuvenecer.





Nenhum comentário: